quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Pequenos males boas curas



Tenho para mim que não há mal que sempre dure, nem bem que nunca se acabe, (o que é pena pois de males anda o mundo cheio). Esta é a frase que me tem acompanhado nestes últimos dias.
A F. começou do nada com uma tosse bem fraquinha mas que também do nada se tornou num tossirão desmedido. Com xarope, gotas e nebulizações a coisa foi ficando melhor mas depressa voltou ao que era, tosse que a levava à rouquidão... Nunca chegou a fazer febre, por estranho que pareça!
Email para Dr. e conclusão tem de ser observada... o diagnóstico confirma que o problema tem um nome com terminação em ite, renite alérgica! De mal o menos... Mudança de terapêutica, não brincar com os seus felpudos de casa, em forma de faz de conta e em contexto real, ou seja os nossos cachorros viram-se sem mimos de menina marota, que lhe adora fazer travessuras, muito cuido com mudanças de temperatura! É terrível pois a F. adora andar descalça literalmente, e não adianta os milhentos chinelos, giríssimos que tem, pois bom mesmo é não ter nada nos pés!
Mas o pior foi mesmo… com festinha na terra bem pertinho de casa, e não poder ir ao carroceis é triste! Oh se é! Solução mil e um agasalhos e lá fomos nós para mais uma aventura! Se no ano anterior os carroceis eram dispensáveis agora são o melhor mimo! Afinal os carroceis curam a tosse, pois segundo a F. já está melhor, muito melhor!
 
 
 
 
 
 

E a  bem da verdade hoje já está muito melhor quase sem tosse,  e com uma adrenalina que só mesmo ela para nos fazer sentir felizes a cada dia, por existir!

Beijinhos
Cristina Oliveira

6 comentários:

Tânia ♥ O Nosso Mundo Perfeito ♥ disse...

O meu também anda sempre descalço, e só qdo sente mesmo frio é que se lembra que as meias existem...já é dele!

Acho muito bem que tenham ido ao carroceis, brincar também cura!

Beijocas

Ovelha Flor Guerreira disse...

Tosse tenho cá em casa todos os dias. Estamos em vésp+eras de operação aos adenóídes e às amígdalas. Quanto a carrosseís, por aqui são imprescindíveis para elas e para mim também. Quando há dos maiores, também ando com elas!

CV Love disse...

Continuas de melhoras! =)

sandra disse...

Como te compreendo querido é mesmo muito chato a minha Maria também tem renite :( precisamos de ter cuidados redobrados ,bjinhos e as melhoras

Aline r disse...

Além do diagnóstico estar traçado, o facto de a tua menina andar na escola pela primeira vez também contribui para que apanhe "tudo" porque o organismo dela não está preparado (porque nunca apanhou nada). É normal e isso também faz parte do crescimento dela. Uma voltinha de carrocel, bem agasalhada, não faz mal nenhum. Até faz bem à alma. beijinhos grandes

Vicky disse...

São umas "florezinhas" nestas alturas

Enviar um comentário