quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Como anda a minha alma!


Há momentos na nossa vida, que por muitas razões nos deixem em diferentes estados de espirito, ora mais alegres ora mais tristes. Eu tenho muita dificuldade em gerir as emoções tristes, ansiosas, e medonhas… não sei sequer controla-las por dentro…e é tão mau sentir isto acreditem.

Os momentos alegres são bons de suportar, bons de viver, trazem magia… Já os tristes esses deixam marcas tão duras que é difícil de as contornar, de as superar de as compreender!

Hoje foi um dia assim, que começou sem sorrisos, com tristeza, porque nem sempre as noticias que nos dão são boas e tocar à campainha às 8:30 da manhã não é normal… e não podia ser normal e não foi!

Perdemos mais um dos nossos miminhos, não é uma pessoa, não é, mas tinha um lugar cá em casa especial, sobretudo para a F., e agora esse lugar ficou vazio, mais um!
 

Foi difícil explicar, falar, contar a verdade sem criar medo nem pânico, Mas tenho uma mulherzinha que ao contrário de ser a consolada deu ela o consolo.

- “ Mamã agora a Jujú (cadelinha mais nova cá de casa) vai ficar melhor porque Jesus vai cuidar dela como fez com a Lika ( mãe da Juju, faleceu a 6 de Abil deste ano) não é? Então não podemos ficar tristes!

- “Claro que será assim minha filha linda!”

A ver vamos com irão decorrer os próximos dias sem ti minha pequenita emproada!
 
 
 
 

Beijinho

Cristina Oliveira

6 comentários:

sandra disse...

É triste :(

Filipa Amaral disse...

Estou habituada a entrar neste blog para ler sempre notícias que tornam o meu dia mais feliz e me deixam orgulhosa. Hoje nem queria acreditar quando li esta notícia...
Agora a Juju está perto da mãe Lika e da avó Lapin.
Um abraço muito muito apertado para vocês*

Aline r disse...

É mesmo triste. Esses nossos companheiros são família. Os nossos meninos, na hora das perdas, demonstram uma grande sensibilidade e uma grande força.
beijinhos e força.

Adoro-te Mamy... disse...

Não está muito fácil de gerir, apesar de não ser um ser humano era uma ser vivo que dava vida a esta casa!
Um beijinho e obrigada minhas queridas!

Cláudia, Vila do Conde disse...

Oh linda...que chatice...até fiquei com a lágrima no canto do olho...sei bem o que é essa perda...também perdi o meu "Farrusco" um mês depois de o meu tesourinho nascer...Um beijinho grande***

Byme disse...

ohhh adorei o cãozinho!!!! Cá tb temos e amamos de paixão!! Um gr bjs

Enviar um comentário